Bebeto solicitou recuperação de estradas vicinais, durante sessão na Câmara – Foto: Thiago Morais

Com o propósito de atender os pequenos produtores rurais da região, o vereador Bebeto (PR) encaminhou indicação na Câmara Municipal de Dourados, solicitando a prefeita Délia Razuk (PR) e aos deputados federais Dagoberto Nogueira (PDT), Beto Pereira (PSDB) e Vander Loubet (PT), solicitando que sejam viabilizados recursos da União, visando à aquisição de uma patrulha mecanizada destinada aos atendimentos na área rural.

O vereador sugere que os pequenos e médios produtores possam ser atendidos com os equipamentos, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura Familiar, no acesso aos serviços de manutenção de estradas vicinais, uma das principais revindicações do setor produtivo.

Ressalta ainda que constantemente tem recebido notificações de problemas devido a deterioração das estradas vicinais. “A aquisição de uma patrulha mecanizada contribuirá para a manutenção destas vias, facilitando o escoamento da safra, o transporte de maquinários agrícolas e o deslocamento dos alunos da rede escolar, assim como aos moradores que precisam se locomover da região rural para a zona urbana, ou mesmo entre as propriedades ali existentes”, completa Bebeto.

Travessões

O vereador também encaminhou indicação a prefeita Délia e a secretária municipal de Obras, Marise Aparecida Bianchi Maciel, solicitando os serviços de patrolamento e cascalhamento nos Travessões da 3ª até a 7ª Linha, localizados no distrito de Vila Vargas e Travessão do Panambi, principalmente na 3ª e 5ª Linha, onde os serviços se fazem mais necessários, tendo em vista a urgência de manutenção destas localidades.

Em outras ocasiões, o vereador ainda sugeriu uma parceria entre o governo do Estado e município na recuperação de estradas, inclusive com o deslocamento dos maquinários que compõe o parque rodoviário de máquinas até os distritos. “São quase 1.800 quilômetros de estradas vicinais na região, que necessitam de serviços constantes de manutenção”, justifica Bebeto.