Auxílio emergencial: quase 68 milhões receberam R$ 293,1 bilhões em 2020

Benefício que foi interrompido em dezembro voltará a ser pago a partir de abril devido ao avanço da pandemia

Auxílio foi liberado para conter efeitos da pandemia – Divulgação

O pagamento do auxílio emergencial adotado pelo governo federal para conter os efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus beneficiou 67,9 milhões de brasileiros com R$ 293,1 bilhões em 2020. As informações são do R7.

Os números, revelados nesta quinta-feira (18) juntamente com o balanço da Caixa Econômica Federal, leva em conta todos os desembolsos realizados até o dia 9 de fevereiro de 2021, quando o auxílio foi interrompido.

De acordo com a Caixa, o auxílio “é a maior ação de transferência de renda já realizada no Brasil”. Os números foram resultado de 109,2 milhões de cadastros e 1,93 bilhão de visitas ao site do benefício.

Além disso, foram contabilizados 136,4 milhões de downloads do aplicativo Auxílio Emergencial e 309 milhões descarregaram o aplicativo Caixa Tem, responsável pela gestão do benefício, com transferências, compras por aproximação e pagamentos de contas essenciais.

Com o avanço da pandemia, uma nova rodada de pagamentos do auxílio emergencial está prevista para ser paga a partir do dia 16 de abril para os membros do programa Bolsa Família. O calendário dos beneficiários cadastrados pelo CadÚnico ou aplicativo da Caixa ainda será definido por medida provisória

FGTS

Os dados mostram ainda que o saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) foi solicitado por 60 milhões de profissionais, totalizando o valor de R$ 37,7 bilhões em pagamentos.

Ao final do quarto trimestre de 2020, haviam sido pagos R$ 36,5 bilhões, cerca de 96,6% do valor previsto, para mais de 51,1 milhões de trabalhadores, que receberam automaticamente esses valores ou solicitaram o crédito no App FGTS até o dia 31 de dezembro de 2020, prazo limite estipulado em lei.

Já o saque aniversário foi requerido por mais de 9,7 milhões de trabalhadores, o que resultou em um desembolso de R$ 9,8 bilhões em 8,7 milhões de pagamentos. Foi disponibilizada, também, a operação de crédito para Antecipação do Saque Aniversário do FGTS, que, até dezembro de 2020, resultou na contratação de R$ 4,9 bilhões.

Com a nova sistemática não será necessário que os trabalhadores aguardem o mês de seu aniversário para terem acesso aos recursos. A linha possibilita a antecipação do valor dos benefícios dos próximos três anos, com taxas entre as mais baixas praticadas para pessoa física pela Caixa, de 0,99% ao mês.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.