Audiência pública realizada pela Comissão Permanente de Assuntos Indígenas e Afrodescendentes abriu atividades do Mês da Consciência Negra – Foto: Assessoria

A Câmara Municipal, através da Comissão Permanente de Assuntos Indígenas e Afrodescendentes, composta pelos vereadores Olavo Sul (Patriota) e Elias Ishy (PT) realizou na noite da última sexta-feira (08), uma audiência pública em alusão à abertura do Mês da Consciência Negra.

A audiência pública que teve como tema ‘(In) Segurança do povo Negro – Quantos mais precisarão morrer para que essa guerra acabe’, aconteceu no anfiteatro do Ceud – Centro Educacional Universitário de Dourados. “A audiência foi muito importante, tivemos uma palestra com Dr. Márcio Farias que nos trouxe assuntos relacionados ao preconceito racial que ainda existe, como podemos ajudar enquanto vereador e, principalmente, como cidadão”, mencionou Olavo Sul.

“Quero agradecer o Comafro – Institui Conselho Municipal de Defesa e Desenvolvimento dos Direitos dos Afro-brasileiros e o NEAB – Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros – pela parceria os demais colaboradores, mas principalmente a população que esteve presente, e me colocar à disposição para encaminhar as demandas, recebemos vários pedidos e vamos encaminhar ao Executivo e aos outros vereadores. É importante fortalecer o diálogo com sociedade, órgãos, entidades e poderes públicos”, completou o presidente da Comissão.

A audiência contou com a presença de universitários da UFGD – Universidade Federal da Grande Dourados e alunos de escolas municipais de Dourados. O ato abriu as atividades do Mês da Consciência Negra, que visa promover o debate sobre relações raciais e segurança pública.