Rafael Dudamel não é mais técnico do Atlético-MG. Na madrugada de quarta para quinta-feira, o clube anunciou a demissão do treinador, após a queda precoce na Copa do Brasil, para o Afogados-PE.

Além do comandante venezuelano, saíram também toda sua comissão técnica, o diretor de futebol, Rui Costa, e o gerente de futebol, Marques Batista de Abreu.

Dudamel deixa o cargo depois de apenas 10 jogos no comando do Galo, com quatro vitórias, quatro empates e duas derrotas. Além da eliminação desta quarta-feira, a equipe mineira também parou na primeira fase da Copa Sul-Americana, derrotado pelo Unión Santa Fé, da Argentina.

No Campeonato Mineiro, o Atlético é apenas o 4º colocado, com 11 pontos, ainda dentro da zona de classificação para as semifinais. Para o próximo compromisso do estadual, no domingo, contra o Boa Esporte, o time será comandado por James Freitas e Lucas Gonçalves, ambos da comissão técnica fixa.

Da Gazeta Esportiva

Deputado Zé Teixeira