ASL comemora 49 anos, empossa nova diretoria e divulga suas comissões institucionais

Nova Diretoria da ASL, acadêmicos Américo Calheiros, Samuel Medeiros, Henrique de Medeiros, Marisa Serrano e Guimarães Rocha, empossados hoje – Assessoria

A nova Diretoria (recentemente eleita) da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras foi empossada nesta sexta-feira, 30/10, às 13h30, em sessão interna para Acadêmicos na sua sede, em decorrência da pandemia da COVID-19 e suas normas de biossegurança que vêm sendo mantidas pela casa cultural. Na ocasião, a ASL – a mais alta e representativa entidade literária estadual – também comemorou seus 49 anos de fundação, sendo ainda divulgadas as Comissões Especiais para apoio à Diretoria no triênio 2020-2023.

O presidente reeleito da casa, Henrique de Medeiros, destacou na posse a importância da atuação dos membros da Diretoria anterior como um todo para a realização das atividades do último triênio, lembrando ações como a criação da Roda Acadêmica e a realização dos tradicionais Chás Acadêmicos e Concurso de Contos Ulysses Serra. Citou como importantes, também, a posição da ASL na educação e cultura, principalmente na defesa da Literatura dentro da grade escolar sul-mato-grossense, além da presença em inúmeras atividades literoculturais no Estado.

Após Medeiros citar a nova Diretoria e ressaltar a qualidade dos seus integrantes para a continuidade das ações, a vice-presidente Marisa Serrano enfatizou que os eleitos darão sequência aos trabalhos já existentes na ASL e serão também promovidas novas dinâmicas nas atividades. Para o secretário-geral empossado Valmir Batista Corrêa, a ASL precisará avaliar o momento de atuação da Casa em função da pandemia, e se adequar a esse novo tempo.

A Diretoria foi empossada em cerimônia interna sob a coordenação do então secretário-geral Rubenio Marcelo, e é formada pelos acadêmicos: presidente – Henrique Alberto de Medeiros Filho; vice-presidente – Marisa Serrano; secretário-geral – Valmir Batista Corrêa; secretário – Samuel Xavier Medeiros; 1º tesoureiro – Guimarães Rocha; 2º tesoureiro – Américo Calheiros. A Academia também divulgou na solenidade o novo Conselho Fiscal e suas Comissões Especiais de apoio à Diretoria.

O Conselho Fiscal da ASL será composto porAbrão Razuk, Pedro Chaves dos Santos Filho e Oswaldo Barbosa de Almeida.

As Comissões Especiais estão assim preenchidas pelos Acadêmicos:

Comissão / Análise de Candidatos ASL(Valmir Batista Corrêa, Rubenio Marcelo, Elizabeth Fonseca, Geraldo Ramon, Ileides Muller, Paulo Corrêa e Raquel Naveira)

Comissão / Biblioteca ASL(Marisa Serrano, Lenilde Ramos, Samuel Medeiros)

Comissão / Concursos ASL(Américo Calheiros, Ileides Muller, Raquel Naveira)

Comissão / Cultura ASL(Rubenio Marcelo, Elizabeth Fonseca, Raquel Naveira)

Comissão / Jurídica ASL(Rêmolo Letteriello, Abrão Razuk, Paulo Tadeu Haendchen)

Comissão / Patrimônio e Auditório ASL(Guimarães Rocha, Américo Calheiros, Valmir Batista Corrêa)

Comissão / Programação Chá e Roda Acadêmicos ASL(Rubenio Marcelo, Lenilde Ramos, Raquel Naveira)

Comissão / Revista ASL(Raquel Naveira, Ileides Muller, Rubenio Marcelo e Samuel Medeiros)

Responsável pelo Suplemento Cultural(Geraldo Ramon Pereira)

A ASL – que completou 49 anos de fundação – foi criada em 30 de outubro de 1971 pelos escritores Ulisses Serra, Germano de Souza e José Couto Pontes, com o nome de Academia de Letras e História de Campo Grande, que predominou até final de dezembro de 1978, quando com a instalação do Estado de Mato Grosso do Sul a entidade foi transformada em Academia Sul-Mato-Grossense de Letras. A Academia possui 40 Cadeiras, aos moldes da Academia Brasileira de Letras.

A ASL registra ao longo da sua existência uma história marcante voltada para a defesa da língua portuguesa e o cultivo da arte literária, zelando e incentivando todas as derivações da cultura nacional e estadual, e tem entre seus acadêmicos, além dos citados na diretoria: Abrão Razuk; Altevir Soares Alencar; Antonio João Hugo Rodrigues; Augusto César Proença; Elizabeth Fonseca; Emmanuel Marinho; Enilda Mougenot Pires; Francisco Albuquerque Palhano; Francisco Leal de Queiroz; Geraldo Ramon Pereira; Hermano de Melo; Ileides Muller; José Couto Vieira Pontes; José Pedro Frazão; Lenilde Ramos; Lucilene Machado Garcia Arf; Maria Adélia Menegazzo; Orlando Antunes Batista; Oswaldo Barbosa Almeida; Paulo Corrêa de Oliveira; Paulo Sérgio Nolasco dos Santos; Paulo Tadeu Haendchen; Pe. Afonso de Castro; Pedro Chaves dos Santos; Raquel Naveira; Reginaldo Alves de Araújo; Rêmolo Letteriello; Renato Toniasso; Rubenio Marcelo e Theresa Hilcar.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.