• Por Gilclér Regina

É bem provável que você, assim como eu, já tenha ouvido que estudar é a garantia de sucesso. Talvez tenham te falado que a melhor coisa era ter um salário fixo, pois isso traria segurança.

É muito provável que você seja uma destas pessoas que cresceram escutando a família falar sobre como seria bom ser um funcionário público.

Por que vivemos desta forma? Por que vivemos assim? A causa desse problema é a educação tradicional. O século passado foi o século do emprego. As pessoas queriam ser empregadas por grandes empresas e praticamente não existia o termo “empreendedorismo”.

Nessa época, foi ensinado que a maneira de garantir estabilidade era estudar muito, acumular o máximo de diplomas e seguir carreira numa empresa de boa reputação, ou no governo.

Fomos moldados seguindo o modelo prussiano, o qual era formado a partir de treinamentos para a guerra – o exército da Prússia foi treinado assim.

Com a Revolução Industrial, houve a necessidade de treinar pessoas para trabalhar nas fábricas. Então, percebeu-se que adaptando o modelo prussiano para as escolas, conseguiam-se operários para exercer funções repetitivas, mecânicas, impedindo-se a criatividade, espontaneidade e opiniões que atrapalhassem a velocidade da produção.

Eu te pergunto: Quantas coisas que você aprendeu no passado e que está travando hoje o seu progresso? A vida evolui se você aprende e desaprende. Nosso cérebro é como um computador ou um Iphone que está vazio e vai sendo carregado.

Você tem duas teclas para usar: Arquive e delete. Se não usar com sabedoria, é um candidato ao que chamo brincando de “doença de alemão”, isso mesmo, Alzheimer.

Já pensou então quando estes arquivos (passado) vêm com vírus de descrença, medo, incapacidade, negatividade?

Olha, não ter dinheiro é ruim, mas a ignorância é o pior que pode acontecer a uma pessoa. Agora, imagine ignorante e sem dinheiro. É o pior dos mundos.

Empreender para o sucesso é igual estudar medicina ou matemática. É estudo e depois ação. Lembre-se, o diploma já vem com um carimbo atrás ou mesmo um registro em cartório autenticando como produto perecível com tempo de validade.

Alvin Tofler, um dos gurus famosos da administração disse que você deve aprender, desaprender e reaprender. Está aí o caminho.

O que era sucesso ontem (emprego) hoje não é mais. A relação será cada vez mais de CNPJ para CNPJ, ou seja, de alguém que é pessoa jurídica prestando trabalho para outra pessoa jurídica.

Sem falar em todo o advento da robótica que irá transformar a humanidade. Em 2030 as pesquisas apontam que 85% das profissões ainda não foram criadas. Profissões tradicionais irão ser varridas do mapa e surgirão outras que ainda nem sabemos e outras ainda que serão altamente remuneradas.

A regra é: Não fique parado. Afinal, não existe mercado parado, existe gente parada. Então, estude o quanto puder, conhecimento não ocupa espaço, pensar sai barato, mas olhe a sua volta, o emprego está sumindo, mas estão aparecendo muitas outras oportunidades chamadas de trabalho e clientes. Isso é empreendedorismo.

Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!

  • Gilclér Regina é Escritor e Palestrante Profissional

Uma pessoa simples que se transformou num dos mais reconhecidos Conferencistas do país, com atuações também no exterior.

(PALESTRAS): www.gilclerregina.com.br/contato