Após resfriado, Papa retoma audiências no Vaticano

Francisco ficou mais de 10 dias em resguardo

Papa havia restringido audiências desde a quarta-feira de cinzas – Foto: ANSA

Após cerca de 10 dias de resguardo por causa de um resfriado, o papa Francisco retomou nesta segunda-feira (9) suas audiências diárias com bispos e diplomatas.

Após a missa na Casa Santa Marta, transmitida online por sua própria vontade, o Pontífice recebeu o arcebispo de Lima, Carlos Castillo Mattasoglio, o embaixador da Costa do Marfim no Vaticano, Sévérin Mathias Akeo, o embaixador da Bolívia, Julio Cesar Caballero Moreno, e um grupo de 30 bispos da Conferência Episcopal da França.

Francisco começou a demonstrar sintomas de resfriado na Quarta-Feira de Cinzas, em 26 de fevereiro, e cancelou audiências privadas que estavam marcadas para os dias seguintes, bem como sua participação no retiro espiritual realizado anualmente pela Cúria, que terminou em 6 de março.

Na semana passada, o Papa não teve compromissos oficiais para acompanhar os exercícios espirituais a partir de sua residência na Casa Santa Marta. O novo coronavírus já contaminou 7.375 pessoas na Itália e matou 366, enquanto o Vaticano contabiliza um caso confirmado.

Da AnsaFlash