País tenta evitar sobretexação por causa de crise migratória

Migrantes na fronteira entre México e Guatemala – Foto: EPA

O governo do México deslocará 6 mil soldados da Guarda Nacional para bloquear o fluxo de migrantes na fronteira com a Guatemala.

A medida foi anunciada pelo ministro mexicano das Relações Exteriores, Marcelo Ebrard, que viajou a Washington para tentar impedir uma escalada tarifária por conta da questão migratória na região.

No fim de maio, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou uma sobretaxa de 5% contra produtos importados do México e ameaçou reajustar a tarifa para até 25% se o país não contiver o fluxo de migrantes proveniente da América Central.

A Casa Branca acusa o governo mexicano de não tomar medidas eficazes para barrar a entrada de migrantes no país. As novas sobretaxas devem entrar em vigor no dia 10 de junho, mas Trump disse que há uma “boa chance” de alcançar um acordo com o México.

Da AnsaFlash