Rony foi apresentado na tarde desta quinta-feira – Foto: Cesar Greco/Palmeiras

O atacante Rony foi enfim apresentado como reforço da Sociedade Esportiva Palmeiras na tarde desta quinta-feira. Novo camisa 11, o jogador revelou ter recebido um telefonema do corintiano Tiago Nunes e, após a longa novela, se disse feliz no clube alviverde.

“Houve, sim, uma ligação do Tiago. Conversamos, mas não foi nada de mais. Fiquei feliz por ter dois times grandes me procurando. Conhecemos o Anderson Barros (diretor de futebol) desde a época do Botafogo e temos boa relação. Graças a Deus, deu tudo certo”, disse o atleta, que também conversou por telefone com Vanderlei Luxemburgo antes de fechar com o Palmeiras.

Um dos protagonistas do Athletico-PR sob o comando do próprio Tiago Nunes, Rony foi disputado intensamente por Corinthians e Palmeiras e quase renovou com o time paranaense. Na sala de imprensa da Academia de Futebol, o atacante falou sobre a longa espera por um desfecho sobre o próprio futuro.

“Eu ainda tinha contrato com o Athletico-PR, mas é claro que ficamos ansiosos para que as coisas se resolvessem da melhor forma. Agradeço à diretoria do Palmeiras pela paciência de esperar quase dois meses. Eu sabia que, na hora certa, as coisas aconteceriam”, declarou.

Aos 24 anos de idade, Rony assinou contrato com o Palmeiras até o final de 2024. Para poder estrear pelo novo clube, que enfrenta o Santos no fim de semana, o atacante precisa ser regularizado no BID da CBF e, em seguida, devidamente inscrito no Campeonato Paulista.

“É uma sensação única. Todo garoto que quer ser jogador de futebol almeja chegar a um time grande e, comigo, não seria diferente. A felicidade é imensa de estar em um clube como o Palmeiras e acho que qualquer um gostaria de estar no meu lugar”, declarou.

Da Gazeta Esportiva

Deputado Zé Teixeira