O prefeito André Nezzi durante recente reunião com o vice-governador Murilo Zauith, em Dourados – Divulgação

O prefeito de Caarapó, André Nezzi, está buscando parceria com a Unigran para a implantação de uma extensão da faculdade de Direito em Caarapó. Na última segunda-feira (15), o dirigente reuniu-se com o proprietário do Centro Universitário da Grande Dourados (Unigran), Murilo Zauith, em Dourados, para tratar do assunto.

“Seria uma parceria entre a prefeitura e o centro universitário, que poderia oferecer outros cursos presenciais por meio da uma extensão em Caarapó, facilitando a vida dos estudantes no sentido de não precisarem se deslocar para Dourados, fato que geraria economia para esses alunos, que não mais precisariam pagar pelo transporte”, defendeu André Nezzi. “Além disso, essa iniciativa beneficiaria também alunos das cidades vizinhas, como Juti e Amambai, por exemplo”, acrescentou.

No mesmo encontro em Dourados, testemunhado por um grupo de vereadores de Caarapó, André Nezzi discutiu com Murilo Zauith – que também é vice-governador e secretário de Obras do Estado – o início das obras de recapeamento da Avenida Dom Pedro II, a principal via urbana da sede do município, que corta a cidade de norte a sul, cuja previsão de início é o segundo semestre deste ano. Foi ainda discutida a implantação de trevo na rodovia MS-156, nas proximidades da Açucareira Energy, e a construção de pontes de concreto na zona rural de Caarapó.

André Nezzi teve uma agenda concorrida no início desta semana. Além do encontro com o vice-governador na segunda-feira, o prefeito de Caarapó ainda participou da abertura oficial do Projeto Bombeiros do Amanhã, que atende mais de cem crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, proporcionando a eles conhecimentos específicos e gerais baseados na hierarquia e disciplina, desenvolvido no município pelo Corpo de Bombeiros em parceria com a Guarda Mirim, Prefeitura, Câmara de Vereadores e Ministério Público.

Outro compromisso do dirigente caarapoense se deu no âmbito da audiência pública que debateu o Plano Municipal de Mobilidade Urbana, realizada na noite de segunda-feira, na Câmara de Vereadores. O prefeito de Caarapó observa que a mobilidade urbana tem se tornado um desafio a ser enfrentado pelos gestores públicos em busca de soluções para os problemas de saturação de tráfego, congestionamentos e estrangulamentos do trânsito, entre outros problemas que embaraçam a vida urbana nas cidades brasileiras. “Assim, é preciso buscar soluções para esses entraves”, defende.

Na terça-feira (16), André Nezzi recebeu em audiência, na sede da prefeitura, os membros do Conselho Municipal de Pastores Evangélicos (Compec). Foram discutidos assuntos relacionados à instalação de monumentos culturais nas rotatórias da cidade, projetos de melhorias no trânsito defronte aos templos religiosos, como a implantação de faixas elevadas de travessia de pedestres e a retomada da Noite de Ação de Graças, com shows do gênero gospel por ocasião do aniversário da cidade, em dezembro.