Prefeito André Nezzi acompanha execução de obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário na área central de Caarapó – Foto: Dilermano Alves

Estão tendo sequência em Caarapó as obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário, conquista da atual gestão municipal junto ao governo do Estado, com apoio da Câmara de Vereadores. A benfeitoria soma 2,5 mil metros de extensão e beneficia diversos pontos da sede do município. 

Na manhã de quinta-feira (7), o prefeito André Nezzi (PDT) vistoriou o trecho em implantação na Rua Ramão Vargas de Oliveira, na área central da cidade. No local é registrado um problema de esgoto a céu aberto, exatamente por não haver rede coletora, “problema que será sanado com a implantação da obra”, disse o prefeito na oportunidade. 

“Nos últimos anos, tivemos apenas 400 metros de ampliação de rede de esgoto em Caarapó. Os 2.500 metros que a Sanesul está implantando significam um grande avanço para o saneamento básico da nossa cidade”, comentou o prefeito em conversa com os moradores da localidade, acrescentando que “essa é uma importante obra para a saúde da população”. 

De fato, ações de saneamento básico estão diretamente vinculadas à saúde preventiva e à preservação ambiental. É o que diz o Instituto Trata Brasil, uma OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público -, formado por empresas com interesse nos avanços do saneamento básico e na proteção dos recursos hídricos do país, que atua no Brasil desde 2007. 

O órgão explica que saneamento básico é o conjunto medidas que visam garantir a preservação ambiental e manutenção de resíduos, através de serviços de abastecimento de água potável, esgotamento sanitário, drenagem, limpeza urbana e manejos de resíduos sólidos e de águas pluviais. Trata-se de serviços que podem ser prestados por empresas públicas ou, em regime de concessão, por empresas privadas, sendo esses serviços considerados essenciais, tendo em vista a necessidade imperiosa destes por parte da população, além da sua importância para a saúde de toda a sociedade e para o meio ambiente. 

Com a finalidade de diminuir o impacto ambiental, promover o aumento da qualidade de vida da população e a prevenção de doenças, o saneamento básico é um direito assegurado pela Constituição e definido pela Lei nº. 11.445/2007. 

Saneamento é um fator essencial para o desenvolvimento econômico e social de um país. Os serviços de água tratada, coleta e tratamento dos esgotos levam à melhoria da qualidade de vidas das pessoas, sobretudo na saúde infantil, com redução da mortalidade infantil, melhorias na educação, na expansão do turismo, na valorização dos imóveis, na renda do trabalhador, na despoluição dos rios e preservação dos recursos hídricos, entre outros benefícios. 

Outras informações sobre saneamento básico podem ser acessadas no site do Instituto Trata Brasil em www.tratabrasil.org.br.