Estudantes vencedores de concurso receberam como prêmio a viagem de visita a Dourados – Divulgação

Alunos da rede municipal de ensino da cidade de Coronel Sapucaia visitaram Dourados na manhã de sexta-feira e foram recepcionados no Parque dos Ipês por representantes da ADL (Academia Douradense de Letras) e das secretarias de Educação e de Cultura, que recepcionaram os estudantes premiados com a viagem para conhecimentos de patrimônios.

Acompanharam a visita a coordenadora do Núcleo de Educação Infantil, Cláudia Marinho Carneiro Noda; o assessor da Secretaria de Cultura, Wesley Queiroz; o presidente da ADL, Marcos Coelho Cardoso; a vice-presidente Ivone Macieski, além de outros representantes de todos os segmentos envolvidos e as professoras do município visitante.

Claudia Noda explicou que “como a Educação Infantil trabalha na principal articulação dos patrimônios e é a principal componente do currículo, fizemos a campanha e estamos divulgando para diversos municípios ao entorno, para que eles acreditem, mas na primeira infância, que é o primeiro passo para uma grande história na educação escolar”. Cláudia ressalta que este movimento estar acontecendo na ADL, com a presença de escritores, compositores e outros membros, “é para mostrar que a leitura e a contação de histórias têm que acontecer desde a primeira infância e ser incentivada o tempo todo”. Ela ainda acrescenta que “é impossível receber qualquer município em Dourados sem passar por esse local, onde há um grande exercício e incentivo à imaginação por meio da leitura”.

O projeto e a campanha são voltados para esse objetivo. “Queremos que Dourados venha ao encontro disso, que acredite mais”, complementou a coordenadora.

O presidente da ADL, Marcos Coelho fez uma palestra para os alunos e professores, enfatizando a importância de levar a literatura aos jovens. “Esta é a nossa contribuição para vocês, que certamente levarão esse conhecimento para toda a vida, o que ajudará na formação de cada um”, disse. Para a vice-presidente, Ivone Macieski, “é muito bom podermos ver o brilho nos olhos de cada uma das crianças. Elas não perderam um segundo de nada que nós apresentamos aqui, o que me deixa muito feliz, com a sensação de ter feito um bem para todaa elas”.

O secretário de Educação de Dourados Upiran Jorge Gonçalves da Silva enfatizou que Isto é o certo. “Todo o aprendizado tem ter início na educação infantil”, pontuou.

O grupo de alunos de Coronel Sapucaia é formado por crianças da Educação Infantil, de primeiro a quinto anos e de sexto ao nono anos, com acompanhamento de professores de escolas estaduais e municipais.

Na opinião da professora Milda Beatriz Recalde, que representou a secretária de Educação de Coronel Sapucaia, Maria Eva Gauto, a visita é uma oportunidade única para os professores e um enriquecimento para a vida das crianças que participam do passeio. “Tudo que eles viram e ouviram ninguém nunca vai lhes tirar. É um aprendizado que levarão para toda a vida”, elogiou a coordenadora da viagem.

Além da palestra de Marcos Coelho, os alunos e professores ainda puderam assistir apresentações culturais, com música, dança e poesia.