Alunos da Escola do Sesi de Três Lagoas apresentam projeto de pesquisa e design de robôs no 1º dia do Torneio Interclasse

Alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental da Escola do Sesi de Três Lagoas apresentaram, nesta sexta-feira (18), os projetos de pesquisa e o design dos robôs desenvolvidos para a 4ª edição do Torneio Interclasse de Robótica. A competição faz parte do torneio promovido anualmente pelas sete escolas do Sesi em Mato Grosso do Sul, que começou no dia 12 de agosto pela Escola do Sesi de Aparecida do Taboado e termina no próximo dia 30 de setembro na Escola do Sesi de Maracaju, e é um aquecimento para que os alunos possam se preparar para competições nacionais e internacionais de robótica da FLL (First Lego League).

Neste sábado (19), os alunos participarão da competição de mesa em que os robôs desenvolvidos terão de cumprir as provas em um tempo cronometrado, sendo que a equipe que terminar as tarefas no menor tempo sai vencedora. Segundo a diretora da Escola do Sesi de Três Lagoas, Zuleica Alves Guimarães, os alunos ainda são avaliados pela participação, trabalho em equipe e espírito de solidariedade.

“É muito importante esse tipo de atividade para despertar nos alunos a curiosidade, pesquisa e criatividade para o uso das novas tecnologias. Além disso, a competição transmite valores de trabalho em equipe e espírito de solidariedade”, afirmou Zuleica Guimarães, acrescentando que neste ano o tema proposto pela FLL é “Hydro Dinamics: O que poderia se tornar possível quando compreendemos o que acontece com a nossa água?”.

A aluna Caterine Helena, de 14 anos, disse estar muito ansiosa com a competição. “Estou aguardando minha vez para apresentar o meu projeto, que é usar aguapés, uma planta aquática, para despoluir a lagoa maior”, explicou. Para a aluna Natalia Yumi, de 14 anos e da mesma equipe, participar da competição contribuiu para que ele tivesse mais conhecimento sobre o meio ambiente. “Tivemos de pesquisar sobre o assunto e encontrar uma solução para um problema que temos na nossa cidade, que a é a poluição da Lagoa Maior”, disse.

As 12 equipes da Escola do Sesi de Três Lagoas que participam do interclasse nesta sexta-feira e sábado são Water Lego (6º ano A), Water Life (6º ano B), H2LEGO (6º ano C), The King Lego (6º ano B1), Water Defenders (7º ano A), Water Tech (7º ano B), Electrophorus (7º ano C), Hidrolego (8º ano), HidrO2 (8º ano B), Aqua Team (8º ano C), Hidrogenius (9º ano A) e Cyber Water (9º ano B).

Premiação

Os alunos participantes são premiados com medalhas e, além da equipe campeã, as equipes que se destacam nas categorias avaliadas (Pesquisa, Core Values, Design Robô e Desafio do Robô) são contempladas com um certificado de reconhecimento. No projeto de pesquisa os alunos devem apresentar uma solução inovadora em conformidade com o tema da temporada do torneio.

Na etapa Core Values, há uma atividade em grupo onde os juízes analisam se os valores do torneio foram contemplados: trabalho em equipe, competição amigável e aprender divertindo-se; depois o design do robô é avaliado para analisar se os alunos cumpriram os quesitos desenho mecânico, estratégia e inovação na programação; e, no desafio do robô, os robôs são projetados e programados pelos membros da equipe para executar uma série de tarefas, ou missões, durante partidas de 2 minutos e meio em uma mesa de competição que reflete o tema do mundo real para aquela temporada.

Das sete escolas do Sesi no Estado (Campo Grande, Corumbá, Aparecida do Taboado, Três Lagoas, Naviraí, Dourados e Maracaju), 41 times disputam a classificação para poderem participar do Torneio Regional, em Goiânia (GO), e, se classificadas, seguem para o nacional, em Brasília (DF). Depois de Aparecida do Taboado e Três Lagoas, o Torneio de Interclasses 2017 segue no dia 2 de setembro em Naviraí, com quatro times, no dia 16 de setembro em Dourados, como oito times, dia 23 de setembro será a vez de Corumbá, com cinco times, e, no dia 30 de setembro, em Maracaju, com quatro times da cidade mais quatro times de Campo Grande.