Alunos da Escola do Sesi de Corumbá iniciam disputa no 5º Torneio Interclasse de Robótica

No primeiro dia de provas do 5º Torneio Interclasse de Robótica da Escola do Sesi de Corumbá, promovido nesta sexta-feira (15/06), os alunos aqueceram os motores para a grande competição deste sábado (16/06), quando toda a comunidade do município está convidada a acompanhar, gratuitamente, das 13 às 18 horas, as emocionantes disputas entre robôs construídos pelos estudantes. Nesta sexta-feira, os times reuniram-se na quadra poliesportiva da instituição de ensino e, sob orientação dos professores, foram avaliados pelos jurados do torneio, que é realizado anualmente nas sete unidades da rede de escolas do Sesi no Estado como preparação para o Torneio de Robótica FIRST Lego League (FLL), que reúne no 2º semestre do ano as escolas de todo o País.

O FLL propõe que os alunos participantes pensem como cientistas e engenheiros e os avalia em quatro categorias – projeto de pesquisa, design do robô, desafio do robô e core values – e, por isso, o Torneio Interclasse da Escola do Sesi de Corumbá desafiou os seis times participantes (Star Trek, Lego Space, Guardiões do Lego, Interface, Guardiões Estrelares e a equipe oficial da Escola do Sesi de Corumbá, Tupinambótica) neste sentido. “Considero o Torneio Interclasse um momento muito especial, tendo em vista as habilidades e as competências que os alunos adquirem durante todo o processo”, analisou a diretora da Escola do Sesi de Corumbá, Mirian Corrêa da Silva de Jesus, ao fim do primeiro dia de competição.

Entusiasmado com o primeiro dia do Torneio Interclasse da Escola do Sesi de Corumbá, o coordenador pedagógico Marcel Giordano Jeffery também espera que a competição de sábado seja de vitórias. “O primeiro dia foi bem interessante ver a intensidade dos alunos do Ensino Fundamental. Além disso, os estudantes do Ensino Médio colaboraram muito, enfim, foi um momento muito rico e os alunos sentiram isso. Esperamos que neste sábado também seja bastante animado”, finalizou.

Competidores

Para a aluna Ana Vitória Alves de Souza, da equipe Guardiões de Lego, do 7º ano do Ensino Fundamental, o torneio reforçou o espírito de união entre os alunos da instituição de ensino. “O torneio foi bem divertido, e deixou nossa turma mais unida. Com isso, nossas expectativas são as melhores para amanhã”, disse. Já o aluno Carlos de Arruda, do time Lego Space, do 6º ano do Ensino Fundamental, acrescenta que “o torneio foi muito bom e nos deixou mais preparados para arrasar no sábado”. “Hoje foi muito animado e estou ansioso para sábado. A gente espera que seja muito melhor que nesta sexta-feira e que possamos desempenhar nossas funções de maneira ainda melhor”, completou o aluno Guilherme Beckman, do time Star Treck, do 6º ano do Ensino Fundamental.

Na avaliação da aluna Yasmin Monique Dias da Rosa, da equipe Interface, do 8º ano do Ensino Fundamental, esse primeiro dia foi muito legal com as dinâmicas e desafios propostos. “Nossa sala está bastante unida e se divertindo muito. A ansiedade para sábado só aumenta porque esse torneio simboliza muito a união da Escola do Sesi como um todo”, afirmou. A aluna Julia Camille, da equipe Guardiões Estelares, do 9º ano do Ensino Fundamental, destacou o papel dos jurados para o sucesso do torneio. “Eles se encaixam com os alunos, procuram nos entender, pesquisam e buscam com a gente. Nós aprendemos com eles e eles com a gente. Isso foi o mais interessante”, considerou.

O torneio

A Escola do Sesi de Três Lagoas já promoveu o Interclasse de Robótica nos dias 8 e 9 de junho e as próximas escolas a realizaram o torneio são as de Dourados (29 e 30 de junho), Naviraí (11 de agosto), Aparecida do Taboado (18 de agosto), Campo Grande (20 e 21 de agosto) e Maracaju (1º de setembro). Nestas competições, os times de robóticas das escolas começam a se prepara para o Torneio de Robótica FIRST Lego League, cujo grande desafio será anunciado em agosto. A FLL já anunciou, porém, que o tema deste ano será “Em Órbita – explorar, desafiar e inovar na vasta imensidão do espaço”.

Entre as quatro categorias de avaliação do torneio, no Projeto de Pesquisa as equipes irão escolher e resolver um problema do mundo real associado ao tema desta edição pela FLL. E no Desafio do Robô irão construir um robô autônomo usando a tecnologia LEGO para resolver uma série de missões. Tudo isso operando sob os “Core Values”, os principais valores que norteiam a participação na liga, que celebram a descoberta, o trabalho em equipe e o espírito competitivo entre os participantes, mas sempre tratando outros membros da equipe e concorrentes com respeito e gentileza.