Vereador Alan Guedes durante sessão ordinária remota – Foto: Assessoria

Preocupado com a situação emergente da transmissão comunitária da Covid-19 em Dourados, o presidente da Câmara Municipal, vereador Alan Guedes (Progressistas), destacou, durante as sessões ordinárias desta semana, as ações realizadas no município que visam mitigar o impacto do coronavírus na sociedade. Empresas, igrejas, institutos e pessoas da sociedade civil organizada têm unido esforços para doação de máscaras de proteção individual aos mais necessitados.

Por iniciativa da Mesa Diretora, tramita na Casa de Leis o Projeto de Lei Complementar nº 017/2020 sobre a necessidade da utilização de máscaras por todos os cidadãos. “Nosso projeto é de caráter pedagógico, queremos que as pessoas usem a máscara para proteger nossa comunidade. Vale ressaltar que há um grande número de empresas e pessoas da sociedade civil organizada fazendo muito pelas pessoas menos favorecidas, principalmente com a doação de máscaras”, mencionou.

Alan Guedes destacou que há um grupo que atua no segmento de plano de assistência familiar, juntamente com o Instituto Helena Uemura, que confeccionou 50 mil máscaras de tecido para serem doadas. “Este grupo já doou para entidades e pretendem fazer mais ações de responsabilidade social junto com o projeto MP Social, do Ministério Público Estadual. Precisamos reconhecer esse tipo de iniciativa e unir esforços”, ressaltou.

Outra ação que o parlamentar apontou foi realizada pela Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul, que doou máscaras de proteção para profissionais de saúde e para a população em Campo Grande. Em ofício endereçado à FIEMS, o vereador elogiou a iniciativa da Federação e solicitou apoio para Dourados. “Nas duas últimas semanas nossa cidade tem visto um número grande de novas confirmações da doença, chegando à declaração de que se tornou o novo epicentro de contaminação no Mato Grosso do Sul, evidenciando-se, também, os casos nas reservas indígenas de nosso município, que tem aumentado dia após dia. Em razão disso, solicitei ao sistema FIEMS apoio às ações de combate e prevenção, solicitando que a entidade direcione, se caso não estiver trabalhando nesse sentido, ainda, doações de insumos de proteção para”, articulou.

O presidente ainda mencionou o projeto Solidariedade S/A, de uma emissora de televisão do estado. “Eles estão fazendo um belo trabalho para enaltecer e reconhecer estas ações que demonstram união. Um dado muito importante obtido por estudos recentes revela que 60% dos portadores do Covid-19 não têm sintomas, mas podem contaminar outras pessoas, então, se estiverem usando máscara a possibilidade de contágio é menor. Então, essas ações certamente ajudam mais cidadãos se protegerem neste momento de tamanha dificuldade. Meus cumprimentos a estas instituições”, enfatizou.

Em seu discurso, Alan Guedes reiterou: “tem sido dias difíceis para todos nós, para os trabalhadores de maneira geral, para as pessoas que estão no comércio. Temos que ter a empatia necessária e suficiente para saber também que, se nos resguardarmos um pouco mais, como temos feito por meio da realização de sessões desta natureza [na modalidade virtual], também estamos resguardando nossas assessorias, nossas famílias, e continuando com nosso trabalho, nossa missão para qual fomos todos eleitos em 2016. Esperamos que o quanto antes isso tudo possa passar, possamos retomar os trabalhos normalmente e ver esta Casa cheia, pois é da natureza política essa interação e, de fato, tenho sentido muita falta”.

Governo de MS - CORONAVÍRUS