Agricultura Familiar expõe produção agroecológica no 1º Festival Terra Vermelha

Estande da Secretaria de Agricultura Familiar expôs produtos orgânicos – Foto: Semaf/Divulgação

Pratos variados, doces e salgados, bebidas artesanais, muito bom gosto e presença de grande público. Este é o resumo dos dois dias do 1º Festival Gastronômico Terra Vermelha, realizado no Parque dos Ipês no final de semana.

A iniciativa dos professores de gastronomia Marlon Libório e Gabriel Pimentel teve como objetivo difundir a culinária brasileira e contou com apoio da Prefeitura de Dourados, que cedeu o espaço e garantiu a segurança por meio de guarda municipal. A Secretaria de Agricultura Familiar participou do evento com um estande de produtos orgânicos.

Com a temática Gastronomia Brasileira: “da raiz ao contemporâneo”, o evento contou com aulas-show de renomados chefs de cozinha e feira gastronômica.

No sábado, gestor regional do Sebrae-MS, Adelino Costa Marques, proferiu palestra a Food Experience e abordou como as empresas podem empreender com criatividade no ramo da gastronomia.

No mesmo dia aconteceram as aulas-show com os chefs Caroline Marchioretto, Marcilio Galeano, Felipe Chiogna e Emerson Aguirre. Eles ensinaram, respectivamente, receitas de ‘Bolo Mané Pelado’; Poach de Pirarucu na manteiga caipira; Steak Tartare Pantaneiro e Pintado a Urucum.

A prefeita Délia Razuk aplaudiu a iniciativa dos professores Marlon Libório e Gabriel Pimentel e disse que eles estão de parabéns pela organização e sucesso do evento. Lembrou também que Dourados é uma das cidades pioneiras na iniciativa de difundir a culinária brasileira, citando como exemplo o Festival Gastronômico “Sabores de Dourados”.

A Secretaria de Agricultura Familiar expôs produtos orgânicos da Apoms, a Associação dos Produtores Orgânicos de Mato Grosso do Sul, que tem a certificação da produção agroecológica no Estado. O secretário Marcos Roberto Soares também elogiou a iniciativa do festival e opinou que o evento deve acontecer mais vezes, como forma de agregar cultura e conhecimento.

“De nossa parte, estamos prontos a participar, sempre com o propósito de fomentar a produção agroecológica até mesmo como forma de manter a feira agroecológica que acontece semanalmente no Parque dos Ipês”, disse.