Áudio foi obtido pelo FBI durante operação contra Michael Cohen

O FBI teve acesso a uma gravação de áudio que mostraria o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, conversando com seu então advogado pessoal, Michael Cohen, sobre pagamentos para manter uma ex-modelo da Playboy em silêncio sobre um suposto caso com o magnata.

Segundo o jornal “The New York Times”, o áudio foi gravado em segredo e acabou descoberto pelo FBI durante uma operação de busca e apreensão no escritório de Cohen, em abril passado.

Ao diário, o atual advogado do presidente, Rudolph Giuliani, admitiu que seu cliente discutira com Cohen, em 2016, um pagamento a Karen McDougal, mas negou que qualquer valor tenha sido desembolsado. A ex-modelo diz ter tido um caso com Trump em 2006, mesmo ano do suposto affair do republicano com a atriz pornô Stephanie Clifford, mais conhecida como “Stormy Daniels”.

Na época, Trump já era casado com Melania, que acabara de ter o único filho do casal, Barron. Clifford recebeu US$ 130 mil pouco antes das eleições para ficar em silêncio, e o valor foi pago por Cohen, porém foi reembolsado pelo presidente. Ainda assim, ele nega as relações extraconjugais.

A imprensa norte-americana diz que o advogado possui outras gravações secretas de conversas com Trump, mas ainda não se sabe o teor desses supostos áudios.

Da AnsaFlash