Cabo PM Marta orientou a mãe desesperada com seu filho – Foto: Reprodução

A rotina estressante mas gratificante de uma policial militar que trabalha no atendimento emergencial 190 em Dourados

Na manhã dessa quinta-feira(4), a ligação de uma mãe desesperada por se deparar com sua filhinha de apenas 4 meses de idade sem respirar, acabou chamando a atenção de todos no quartel da PM em Dourados.

O bebê que é especial e sofre de apneia e epilepsia, teve uma crise por volta das 8h40 e a mãe, sem saber o que podia fazer, ligou no serviço emergencial 190 da PM de Dourados, onde foi atendida pela Cabo PM Marta.

Marta recebeu esse chamado como faz centenas de vezes todos os dias e, diante do desespero orientou a mãe primeiramente a colocar o bebê no colo e bater suavemente em suas costas e como o procedimento não obteve resultado, a atendente pediu para a mãe massagear o peito do bebê de forma leve e que soprasse na boca, fazendo a ressuscitação.

O procedimento obteve sucesso e a criança voltou a respirar, sendo atendida e encaminhada pelo SAMU até o hospital da vida.

Em contato com a médica do SAMU, Drª Jaqueline, ela relatou que as orientações repassadas via telefone de Cabo Marta salvaram a vida do bebê e que sem essa intervenção o resultado provavelmente poderia ser óbito.