• Por Gilclér Regina

E chegamos novamente a um final de ano, com os preparativos de Natal, festas em família e iniciando um novo ano sempre com a melhor das expectativas de que seja muito melhor do que o ano que passou.

A sabedoria não consiste em não ter cometido erros e sim em descobrir a melhor maneira de sobreviver a eles.

Quando somos jovens, ficar velho parece uma coisa que só acontece com nossos avós. Mas ao sentir que a idade acaba chegando, todos nós não temos escolha senão abraçar a vida e seguir em frente.

O que faz você viver? Eu penso que são os desafios que fazem você viver. Sua vida compreende você, a pessoa que vive com você, sua família, seu grupo social, sua equipe de trabalho, amigos, o mundo.

É Isso que nos ajuda a levantar da cama todas as manhãs, ter um ideal, enfrentar o mundo com uma atitude positiva e atravessar com segurança e sucesso cada dia, não importa o que aconteça. Pois a pessoa que não tem um ideal, nem um guindaste a tira da cama de manhã!

Dividimos diariamente de que lado queremos ficar. É um mundo de escolhas. Ou você fica do lado do bem ou do mal. Ou você é do time dos bandidos ou dos mocinhos (no antigo faroeste, os homens da lei, mas lei de verdade).

Algumas decisões que tomamos acabam nos deixando infelizes, enquanto outras podem aumentar a nossa alegria. Mas vivemos de escolhas e não de expectativas. Sim, expectativas são esperas ansiosas, não nos fazem bem.

Aqueles que consideram seu cotidiano uma eterna luta tendem a não terem uma vida feliz. Mas perceba, no momento em que você pensar que tem todas as respostas, será melhor pendurar as chuteiras.

Para aproveitar sua vida ao máximo, você deve deixar todas as suas opções em aberto e ter tanto pensamentos como atitudes que te levem para o topo. Precisa estar preparado também para balançar quando vier a tempestade – e o pior é que ela sempre vem quando você menos espera.

Pensamentos geram sentimentos e estes geram ações, atitudes. E vivemos de atitudes, são elas que respondem por nossa vida.

Se estabelecer um padrão rígido para a sua vida, poderá acabar sendo empurrado ladeira abaixo para longe dos seus objetivos, das suas metas, dos seus ideais e mesmo do curso da sua vida.

Aqueles que têm uma mente realmente aberta sabem quando devem dizer “não” e quando dizer “sim”.

Eu tenho um livro que correu mundo, cujo título é: No Topo do Mundo – Motivados para Vencer. Neste livro eu cheguei a seguinte conclusão: “Quando a oportunidade bater a sua porta, convide-a para jantar”. Quando você convida alguém para jantar em sua casa, você prepara a melhor comida, coloca a melhor toalha, o cristal, o talher de prata, a porcelana. Sim, esta é a regra, você se prepara.

Está em sua porta o novo visitante chamado 2018. Você quer uma vida melhor? Para você e os seus? Então convide este ano para jantar em sua casa, dê o seu melhor, prepare-se para brilhar, voar alto.

Fazer sucesso e ser feliz é viver de bem com a vida, ser alegre na vida é assim, se preparando. A viagem deve ser tão boa quanto o destino e a felicidade não é o destino, é a viagem.

A nossa viagem hoje nos leva ao Natal que comemora o nascimento do Menino Jesus, aquele que veio ao mundo para nos ensinar a sermos mais tolerantes, termos mais compreensão, sermos mais irmãos e esse é o sentido da vida.

E pisar 2018 com determinação. Nada com a frescura de pular sete ondas. Melhor é pular sete obstáculos em direção as suas metas, com vontade, motivação e muita determinação.

Seja bem vindo 2018. #estamos juntos. Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus.

  • Gilclér Regina é Escritor e Palestrante Profissional

Uma pessoa simples que se transformou num dos mais reconhecidos Conferencistas do país, com atuações também no exterior.

(PALESTRAS): www.gilclerregina.com.br/contato