Dourados/MS, 27 de abril de 2017 - Agora:3:04
Home | Destaques | Partido de May aumenta vantagem para eleições antecipadas
Publicada em 20 de abril de 2017 às 10:05

Partido de May aumenta vantagem para eleições antecipadas

Conservadores tem 24 pontos de vantagem sobre Trabalhistas

O Partido Conservador, da primeira-ministra britânica Theresa May, tem 24 pontos de vantagem para as eleições gerais de 8 de junho, informou nesta quinta-feira (20) uma pesquisa feita pelo “YouGov”.

De acordo com o levantamento, os “Tories” tem 48% das intenções de voto contra os 24% do Partido Trabalhista, de Jeremy Corbyn.

Os Liberal-Democratas (Lib-Dem) aparecem com 12% e o União para a Independência do Reino Unido (Ukip) tem 7% das intenções.

A pesquisa, que foi realizada entre os dias 18 e 19 de abril, mostrou uma alta de 4% para o partido de May em relação ao levantamento feito na semana anterior. No entanto, o Labour também registrou uma alta de 1%, enquanto os eurocéticos do Ukip caíram três pontos percentuais.

De acordo com o “YouGov”, “os resultados representam o mais alto nível de voto para os Conservadores desde maio de 2008 e também é a mais forte liderança dos Tories neste período”.

O estudo ainda mostrou que, para 54% dos britânicos, May deve permanecer no cargo de premier, enquanto 15% apontaram para Corby e 31% não souberam opinar sobre o mais alto posto da política britânica.

Nesta quarta-feira (19), a Câmara dos Comuns aprovou a moção do governo para dissolver o Parlamento e antecipar as eleições de 2020 para o dia 8 de junho deste ano.

A decisão surpreendente de May de convocar um novo pleito tem o objetivo de dar força política à figura da premier durante o período de negociação do Brexit – a saída do Reino Unido da União Europeia.

Da AnsaFlash