Últimas Notícias
Você está aqui: Capa >> Eventos >> Usina ADECOAGRO Vale do Ivinhema inicia suas atividades
29 de abril de 2013 às 15:31.

Usina ADECOAGRO Vale do Ivinhema inicia suas atividades

Localizada na rodovia MS-141 Km 10, a Usina Adecoagro Vale do Ivinhema foi inaugurada na última sexta-feira, dia 26, com mais de quinhentos presentes na solenidade. Após a cerimônia os participantes puderam visitar o parque industrial que conta com capacidade inicial de produção de 2 milhões de toneladas de cana-de-açucar por safra. Completa, ela será capaz de processar até 6 milhões de toneladas que, somadas a produção de Angélica (usina do mesmo Grupo Adecoagro, distante 45Km), as usinas atingirão a capacidade de 10 milhões de toneladas.

Usina Adecoagro Vale do Ivinhema foi inaugurada na última sexta feira dia 26 Usina ADECOAGRO Vale do Ivinhema inicia suas atividades

Usina Adecoagro Vale do Ivinhema foi inaugurada na última sexta-feira, dia 26 - Assessoria

Mariano Bosch, gerente geral da Adecoagro, falou o porquê da escolha de Ivinhema para ser mais uma unidade do grupo. “Gostamos muito das condições naturais e todo o suporte das autoridades, além da população ter recebido muito bem essa ideia”.

Para quem não sabe, o Grupo Adecoagro possui várias instalações industriais distribuídas pelas regiões mais produtivas do Brasil, Argetina e Uruguai, onde produz mais de um milhão de toneladas de produtos agrícolas, como: açúcar, etanol, eletricidade, milho, trigo, soja, arroz e produtos lácteos, entre outros.

Conforme anunciado pelo diretor Sucroalcooleiro do Grupo Adecoagro no Brasil, Marcelo Vieira, a Usina do Vale do Ivinhema contou com investimentos de mais de 480 milhões que financiados pelo BND (E) S (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e em seu projeto de implantação inclui a instalação de uma unidade de co-geração de energia elétrica de 120 megawatts (MW).

Após várias usinas terem fechado no Brasil, a Usina de Vale do Ivinhema é a única prevista para dar início de suas atividades nesta safra. Roberto Hollanda Filho, presidente da Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia do MS) reforçou no evento que o Estado é considerado um pólo sucroenérgetico do país e anunciou a abertura regional da safra 2013/2014.

“Para este ano Mato Grosso do Sul tem a expectativa de moer 18,3% a mais do que na safra anterior, o equivalente a cerca de 44,1 milhões de toneladas de cana. A produção de etanol deve chegar a 2,35 bilhões de litros, um crescimento de 22,8% em relação à 2012/2013, enquanto a produção de açúcar aumentará em 26,1% com a oferta de 2,19 milhões de toneladas”, ressaltou Roberto.

Entre as autoridades presentes no evento estavam o governador André Puccinelli; a secretária de Estado de Desenvolvimento Agrário da Produção e do Turismo (Seprotur), Tereza Cristina Correa da Costa; prefeito de Ivinhema, Éder França Lima; senador Waldemir Moka; o deputado federal Geraldo Resende; deputados estaduais.

Junior Mochi e Dione Hashioka José Teixeira; prefeito de Angélica, Luiz Antônio Milhorança; prefeito de Nova Andradina, Roberto Hashioka; prefeita de Novo Horizonte do Sul, Nilza Ramos; presidente da Comissão de Agroenergia da Famasul, Luiz Alberto Moraes Novaes e presidente da Associação Sul-Matogrossense dos Fornecedores de Cana (Sulcanas), Paulo Junqueira. Sergio Longen, presidente da FIEMS.

Os comentários estão fechados.