Últimas Notícias
Você está aqui: Capa >> Política >> “Programa habitacional é o início da dignidade para nosso povo”, diz Aguilera
6 de março de 2013 às 08:21.

“Programa habitacional é o início da dignidade para nosso povo”, diz Aguilera

Os mais de 14 mil habitantes das aldeias Jaguapiru e Bororó serão contemplados com mais de 800 casas por dois grandes projetos habitacionais, um realizado pela prefeitura de Dourados e outro pela prefeitura de Itaporã. Os projetos estão sendo acompanhados de perto pelo vereador Aguilera de Souza (PSDC), que se reuniu com as lideranças para definir os critérios de seleção e os locais onde essas casas serão construídas.

Vereador Aguilera de Souza comemora chegada de programa habitacional às aldeias “Programa habitacional é o início da dignidade para nosso povo”, diz Aguilera

Vereador Aguilera de Souza comemora chegada de programa habitacional às aldeias – Foto: Thiago Morais

O projeto para a construção de casas nas aldeias Bororó, Jaguapiru e Panambizinho, só depende da definição dos lotes onde serão edificadas. São unidades residenciais do projeto do governo federal “Minha Casa, Meu Sonho”, do Programa Nacional de Habitação Rural, que pode atender também as aldeias.

Segundo Aguilera as prefeituras estão empenhadas em resolver o déficit habitacional indígena que hoje chega a 1.500 famílias. “Os prefeitos Murilo Zauith e Wallas Milfont entendem quais são as nossas necessidades e estão empenhados em tentar resolver. Estamos trabalhando para levantar as demandas de nosso povo e a habitação é uma delas”.

Estão aptos a serem beneficiados pelos programas os índios que são nativos das aldeias da região, com prioridade para idosos e deficientes físicos. O motorista Diomar Peixoto mostrou satisfação na possibilidade de conquista de uma casa.

“É nosso sonho. São muitas famílias que não tem condições de conseguir por conta própria e agora nós podemos conquistar”.

Segurança

Aguilera revelou durante a reunião com as lideranças além do trabalho para viabilizar as casas, existem várias melhorias a caminho, inclusive para a segurança. Nas próximas semanas a Guarda Municipal iniciará um trabalho de prevenção ao uso de drogas e violência junto aos alunos da Reserva Indígena.

Os comentários estão fechados.